Morar bem

Energia Fotovoltaica em condomínio: entenda como funciona

instalação de placas fotovoltaicas

A energia solar vem se expandindo no Brasil, país com grande potencial para o desenvolvimento e uso dessa tecnologia sustentável. Atualmente, as mais usadas em imóveis são a Energia Solar Térmica e a Energia Solar Fotovoltaica, sendo esta última a que mais tem ganhado destaque em território brasileiro, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

O sistema fotovoltaico é composto por painéis que transformam a luz solar em eletricidade limpa e renovável, gerando economia. Em empreendimentos residenciais, além dos benefícios com relação ao meio ambiente e financeiro, promove a valorização do imóvel.

Como funciona a Energia Fotovoltaica?

Nós explicamos em 4 passos simples: 

  1. Durante o dia, os painéis fotovoltaicos coletam a luz para transformá-la em energia elétrica. O período de maior produção é ao meio-dia, pois é quando as placas recebem mais radiação.
  2. Ao coletar a energia, ela ainda não está preparada para ser usada. Antes é enviada para o Inversor, que irá adequar a corrente elétrica para a utilizada em imóveis. 
  3. Depois da transformação da corrente, todos os sistemas e componentes elétricos do local são abastecidos com a energia fotovoltaica.
  4. Às vezes, a geração de energia é superior a consumida. Nesses casos, ela é injetada na rede de distribuição elétrica e convertida em créditos energéticos.
Placas fotovoltaicas para geração de energia solar

O que são créditos energéticos?

O Sistema de Compensação de Energia criado em 2012 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), permite “emprestar” o excedente produzido pelas placas fotovoltaicas para a distribuidora, que deve ressarcir o consumidor por meio dos créditos energéticos.

Os créditos têm validade de 5 anos e são usados quando tem baixa ou nenhuma geração da Energia Fotovoltaica. Consequentemente, eles são abatidos da conta de luz e podem gerar uma economia de até 90%.

Energia Fotovoltaica em condomínio

Quando se trata de Energia Fotovoltaica em um condomínio vertical, a instalação e uso desse tipo de sistema e seus créditos energéticos costumam ser diferentes.

Placas fotovoltaicas no Áureo Portal da Colina
Simulação das placas fotovoltaicas instaladas no residencial Áureo Portal da Colina

Ao contrário de uma residência que pode ter seu próprio coletor de raios solares, em prédios instala-se um grande sistema para utilização principalmente nas áreas comuns do condomínio, como portaria, garagens e ambientes de lazer. Sendo assim, a economia gerada afeta a taxa de condomínio, e não a conta de energia individual de cada morador.

Dependendo da viabilidade do projeto, também há a possibilidade da instalação de placas fotovoltaicas para abastecer tanto as áreas comuns como cada unidade de apartamento.

Há Energia Fotovoltaica em dias nublados?

Energia fotovoltaica em dias nublados

O céu não precisa estar limpo durante o dia para a geração da Energia Fotovoltaica, porém, nessas situações a produção é em intensidade menor.  Como os painéis ficam conectados à rede distribuidora, eles asseguram o fornecimento de eletricidade mesmo quando a produção é inferior ao consumo ou em períodos em que não há geração dessa energia sustentável: durante a chuva e à noite.

A Energia Fotovoltaica é igual a Energia Solar Térmica?

Como o termo fotovoltaico não é muito difundido, é comum haver essa dúvida. No entanto, os sistemas possuem objetivos diferentes. Também conhecida como Aquecimento Solar, a Energia Solar Térmica é um sistema mais simples, utilizado para aquecer a água e climatizar ambientes.

Na Energia Solar Térmica, os painéis têm a função de transferir o calor da radiação para a água, que fica armazenada em um reservatório até ser aproveitada em chuveiros, piscinas e aquecedores de ambientes. É diferente do sistema fotovoltaico, que coleta os raios solares para transformá-los em energia elétrica, expandindo seu uso para todo o imóvel ou áreas comuns do condomínio.

Empreendimentos com Energia Fotovoltaica

O mercado imobiliário de alto padrão tem implementado em seus projetos inovações que agreguem valor ao imóvel, atendendo às exigências de moradores cada vez mais preocupados com a sustentabilidade e adeptos à novas tecnologias. 

Fachada ilustrativa Áureo Portal da Colina
Fachada ilustrativa Áureo Portal da Colina

O Áureo Portal da Colina, em Sorocaba, é um dos nossos empreendimentos com Energia Fotovoltaica para utilização nas áreas comuns. O projeto também inclui o sistema de reuso de águas pluviais, outro item que colabora no menor impacto ao meio ambiente.

Fachada diurna Origem Cambuí
Fachada ilustrativa Origem Cambuí

O Origem Cambuí também possui Energia Fotovoltaica para uso nas áreas comuns, em Campinas. Alguns outros diferenciais são: ponto de recarga de automóveis elétricos, ambientes preparados para projetos de acessibilidade e infraestrutura para instalação de automação residencial.

Veja também:
5 motivos para você investir em um apartamento com lazer completo
carro elétrico sendo recarregado
5 tendências de tecnologia em condomínios

Deixe seu comentário

Nội dung

Nome*
Site